Mestrado e Doutorado em Biotecnologia Aplicada à Agricultura

Mestrado e Doutorado em Biotecnologia Aplicada à Agricultura

Começou: Congresso internacional da Unipar reúne cerca de dois mil participantes

24/10/2019 às 15:00

Foto A pesquisadora da Áustria, Monika Schmoll, na Unipar: foco na sustentabilidade

Mesa-redonda com a professora austríaca Monika Schmoll foi um dos eventos que abriram o 4º Congresso Internacional de Ciência, Tecnologia e Inovação / 18º Encontro Anual de Iniciação Científica da Universidade Paranaense, em Umuarama, que começou hoje de manhã e segue até amanhã, no Câmpus III, com cerca de dois mil participantes.

Schmoll, que é pesquisadora do Austrian Institute of Technology, veio para falar sobre reaproveitamento de resíduos agroindustriais e, para isso, estratégias biotecnológicas para obtenção de enzimas fúngicas com diversas aplicações.

A abertura solene está agendada para esta noite, com a presença do Reitor da Unipar, Carlos Eduardo Garcia; haverá palestra sobre inteligência artificial e momentos de confraternização entre os convidados.

Para os debates, a Unipar recebe congressistas internacionais também dos Estados Unidos, Canadá, Portugal e Argentina, e muitos outros de grandes universidades brasileiras. Pesquisadores da Unipar, dos programas de mestrado e doutorado, também fazem parte dos grupos de palestrantes.

Seguindo o eixo temático ‘Educação, desenvolvimento sustentável e ética’, a programação inclui também mostra de trabalhos científicos [de forma oral e em painéis], palestras, oficinas, feira de empresas e outras atividades voltadas à difusão do conhecimento científico. Praça de alimentação com food trucks no pátio do Câmpus é a novidade.

Abuso de drogas e neuromodulação: da neurociência básica à pratica clínica’ foi tema da segunda mesa-redonda, realizada à tarde; amanhã o evento terá mais duas mesas-redondas, que vão abordar ‘Vigilância integrada em regiões fronteiriças’ e ‘Liberdades e limites para a convivência social: direito, democracia e responsabilidade’. E também continuam as exposições de trabalhos.

O foco principal do Congresso é proporcionar ao universitário a oportunidade de apresentar estudos científicos que desenvolvem, na graduação e na pós-graduação. Integrar pesquisadores discentes e docentes das diferentes áreas do conhecimento é outro objetivo do evento, organizado pela DEGPP (Diretoria Executiva de Gestão da Pesquisa e da Pós-graduação) da Unipar.

Internacionalização

Segundo a diretora, professora doutora Evellyn Wietzikoski, a Unipar investe no evento para reforçar sua política de internacionalização. “Este intercâmbio de conhecimento, esta interação de pesquisadores demonstram o quanto levamos a sério a produção do saber e sua difusão; alguém pode dizer que se trata de um evento ousado para uma cidade de interior, mas provamos que é possível quando se quer”.

Para ela, o Congresso, mais uma vez bem-sucedido, reafirma o potencial da Unipar no protagonismo da ciência. “Pela grandiosidade e diversidade dos temas abordados, nosso Congresso já se tornou um evento referência no Paraná, sendo elogiado e recomendado por instituições de peso”, orgulha-se.

Foto A pesquisadora da Áustria, Monika Schmoll, na Unipar: foco na sustentabilidade
Foto Estudantes que apresentaram painéis: trabalhos científicos incluem assuntos de pesquisa de todas as áreas do conhecimento
Foto 2872 Mesa-redonda com pesquisadora austríaca atraí professores e estudantes
Foto Módulos temáticos discutem temas que estão em evidência
Foto Módulos temáticos discutem temas que estão em evidência
Foto Módulos temáticos discutem temas que estão em evidência
Foto 2948 Módulo Temático sobre Educação Empreendedora e Economia Criativa

Horário de Atendimento

Seg. à sex. das 8h30 às 12h e 13h às 17h30
Sáb. das 08h30 às 12h30
Ou ligue: 0800 601 4031