Maestría Profesional en Plantas Medicinales y Fitoterápicos en la Atención Primaria de Salud

Maestría Profesional en Plantas Medicinales y Fitoterápicos en la Atención Primaria de Salud

Fitoterapia: Profissionais de saúde recebem treinamento

29/06/2017 a las 16:20

Foto Profissionais aprendem como utilizar os medicamentos naturais no tratamento de diversas doenças

A Secretaria Municipal de Saúde reuniu enfermeiros, técnicos em enfermagem, agentes comunitários de saúde e coordenadores das Unidades Básicas de Saúde (UBS) para um treinamento sobre o projeto Plantas Medicinais e Fitoterápicos na Atenção Básica em Saúde, realizado na Universidade Paranaense – Unipar, Unidade de Umuarama, um dos parceiros do projeto.

Depois de uma explicação geral sobre o programa, com a secretária da pasta Cecília Cividini, a farmacêutica Rosana da Matta conduziu a capacitação dos profissionais, que teve como objetivo ensiná-los sobre a utilização dos medicamentos naturais no tratamento de diversas doenças.

Cecília Cividini explicou que os profissionais de saúde da atenção básica de todas as unidades foram divididos em três grupos – na última sexta-feira, 23, o primeiro grupo recebeu o treinamento; nas duas próximas sextas-feiras os outros dois grupos também serão qualificados.

“Com a orientação da Secretaria de Agricultura e Meio Ambiente, alguns produtores rurais já estão cultivando plantas medicinais para a produção de medicamentos naturais. Alguns serão distribuídos in natura, outros servirão de base para fitoterápicos (mais concentrados), que podem ser usados em uma série de patologias, auxiliando no tratamento convencional”, disse a secretária.

Na Secretaria de Saúde, o projeto é coordenado pela enfermeira Lea Diamantino do Nascimento. Além das orientações teóricas, os profissionais também participaram de oficinas práticas, para conhecer melhor as ervas medicinais e, com isso, dominar o preparo dos medicamentos, armazenamento e administração aos pacientes.

Além de favorecer a saúde da população, com medicamentos naturais e um custo reduzido para o município, o projeto tem um resultado importante para os agricultores, que passam a ter uma renda significativa utilizando pequenos espaços de suas propriedades. As plantas não exigem cuidados diferenciados e não podem receber nenhum defensivo ou insumos químicos.

“É uma atividade própria para a agricultura familiar, pois a condução do plantio é simples e exige o trabalho de apenas uma pessoa da família”, acrescenta o diretor de Agricultura e Meio Ambiente, Elídio Pavan.

Matéria: Assessoria da Prefeitura Municipal

Fotos: José Anselmo Sabino

Foto Profissionais aprendem como utilizar os medicamentos naturais no tratamento de diversas doenças
Foto Profissionais aprendem como utilizar os medicamentos naturais no tratamento de diversas doenças
Foto Profissionais aprendem como utilizar os medicamentos naturais no tratamento de diversas doenças
Foto Profissionais aprendem como utilizar os medicamentos naturais no tratamento de diversas doenças

Horário de Atendimento

Seg. à sex. das 8h30 às 12h e 13h às 17h30
Sáb. das 08h30 às 12h30
Ou ligue: 0800 601 4031